Pular para o conteúdo

Secretário de Saúde da Bahia diz que estamos em meio a segunda onda da Covid-19.

02/12/2020

Com números crescentes de casos ativos e aumento da taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva, a Bahia vive uma segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus. Esta é a avaliação do secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, procurado pelo Bahia Notícias para comentar os números publicados pela pasta estadual da Saúde nesta quarta-feira (2).

O secretário afirmou não ter dúvidas de que a Bahia já enfrenta uma segunda onda e que o governo do estado está tomando novas providências para conter o avanço da doença em território baiano: reforçar a mensagem de que  pandemia não acabou e que precisamos manter medidas de prevenção; ampliar a testagem RT-PCR em todos os municípios; manter a proibição de eventos, incluindo festas de réveillon; e ampliar a oferta de leitos de UTI.

Os números apontam para o retorno da Bahia para o auge da pandemia. Nesta quarta, o estado alcançou a marca de 11.771 casos ativos da Covid-19, o maior número desde 29 de agosto, e 71% de ocupação dos leitos de UTI reservados para o tratamento da doença, percentual mais alto desde 3 de agosto.

Barreiras: mais uma morte.

A Secretaria de Saúde de Barreiras informou o 101º óbito em decorrência do novo Coronavírus, ocorrido nesta quarta-feira, 02, na ala de leitos de UTI para Covid-19, contratada junto à Americas Health Especialidades, no Hospital Central.

O paciente de 71 anos estava internado desde o dia 24 de novembro e  não resistiu ao avanço da doença. Ele era hipertenso e ex-tabagista.

Luís Eduardo Magalhães: mais 20 casos

A Secretaria da Saúde de LEM informou hoje mais 20 casos positivos de contaminação pelo vírus da Covid-19.

Os casos se referem: nove pacientes do gênero masculino, de 37 a 66 anos; onze pacientes do gênero feminino, de 25 e 61 anos.

Brasil: 52.248 novos casos até as 13 horas.

Brasil tem 173.979 mortes por coronavírus confirmadas até as 13h desta terça-feira (2), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Desde o balanço das 20h de terça-feira (1°), 6 estados atualizaram seus dados: CE, GO, MG, MS, PE e TO.

Veja os números consolidados:

  • 173.979 mortes confirmadas
  • 6.396.754 casos confirmados

Na segunda-feira, às 20h, o balanço indicou: 173.862 mortes confirmadas, 697 em 24 horas. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 526. A variação foi de -10% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de estabilidade nas mortes por Covid, quando não há aumento ou queda significativos.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 6.388.526 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 52.248 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 38.154 novos diagnósticos por dia, a maior desde 6 de setembro, quando chegou a 39.356. Isso representa uma variação de 35% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de alta nos diagnósticos.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: