Pular para o conteúdo

Bolsonaro recua na pregação do ódio e condena assassinato de Foz de Iguaçu

11/07/2022

O presidente Jair Bolsonaro (PL) utilizou as redes sociais, na noite de domingo (10), para se manifestar a respeito da morte do petista em Foz do Iguaçu, no Paraná. Marcelo Arruda faleceu, na madrugada de sábado para domingo, após ser baleado por um bolsonarista em sua festa de aniversário de 50 anos.

“Independente das apurações, republico essa mensagem de 2018: Dispensamos qualquer tipo de apoio de quem pratica violência contra opositores. A esse tipo de gente, peço que por coerência mude de lado e apoie a esquerda, que acumula um histórico inegável de episódios violentos”, escreveu Bolsonaro no Twitter.

Marcelo chegou a revidar os disparos e os dois foram encaminhados para o hospital, mas o petista não resistiu. Já o simpatizante do presidente está vivo e internado em um hospital do estado sob custódia policial.

Após o ocorrido, o Partido dos Trabalhadores cobrou “medidas efetivas de prevenção e combate à violência política” das autoridades.

Ainda nas redes sociais, Bolsonaro se defendeu das acusações de incitar seus apoiadores com discursos de ódio. “É o lado de lá que dá facada, que cospe, que destrói patrimônio, que solta rojão em cinegrafista, que protege terroristas internacionais, que desumaniza pessoas com rótulos e pede fogo nelas, que invade fazendas e mata animais, que empurra um senhor num caminhão em movimento”.

O presidente pediu ainda que as autoridades apurem seriamente o ocorrido e tomem todas as providências cabíveis, “assim como contra caluniadores que agem como urubus para tentar nos prejudicar 24 horas por dia”.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: