Pular para o conteúdo

Putin está ganhando a guerra: UE autoriza transporte de cargas russas para Kaliningrado.

17/07/2022

Kaliningrado, que tem um porto do Báltico, foi anexada pela União Soviética da Alemanha após a Segunda Guerra

Kaliningrado, o exclave russo no Báltico.

Sem gás para aquecimento e para a indústria, em crise econômica que se avizinha grave, a União Europeia começa a ceder lentamente às exigências de Putin. Ontem o Governo Norte-Americano ordenou a retirada de todos os cidadãos da Ucrânia, prevendo uma escalada russa na guerra.

A Comissão Europeia anunciou na quarta-feira (13/07) que as sanções comerciais contra Moscou pela guerra na Ucrânia não se aplicam ao transporte ferroviário entre a Rússia e o seu exclave europeu de Kaliningrado, desde que os volumes não sirvam a propósitos militares e não excedam suas médias nos últimos três anos, refletindo “a demanda real por bens essenciais no destino”.

Rússia exige fim do bloqueio a Kaliningrado e faz ameaça. Lituânia lembra que foi decisão da UE

Kaliningrado, que faz fronteira com estados da União Europeia (UE) e depende de ferrovias e estradas através da Lituânia para a maioria das mercadorias que recebe, teve alguns transportes mercantis da Rússia continental cortados a partir de 17 de junho devido às sanções impostas por Bruxelas.

As sanções foram concebidas para impedir a entrada no bloco de determinados produtos russos, como vodka e aço.

Rússia ameaça Lituânia por interromper tráfego ferroviário – DW – 21/06/2022

Rússia ameaça Lituânia pela retenção de composições ferroviárias

Apesar do aval da UE, a Lituânia disse que manterá temporariamente as restrições enquanto elabora novas regras para suspender o bloqueio.

A decisão foi anunciada nesta quinta-feira pela primeira-ministra do país, Ingrida Simonyte. O Ministério do Exterior da Lituânia disse que as regras anteriores que impediam muitas cargas sancionadas de chegarem a Kaliningrado eram “mais aceitáveis”.

“As regras de trânsito para Kaliningrado podem criar uma impressão injustificada de que a comunidade transatlântica está relaxando sua posição e política de sanções em relação à Rússia”, afirmou a pasta em nota. Moscou havia acusado a restrição do trânsito terrestre de mercadorias entre a Rússia continental e Kaliningrado de ser um bloqueio ilegal, enquanto a Lituânia disse não ter outra escolha a não ser fazer cumprir as regras impostas por Bruxelas.

Lituânia mantém restrições ao trânsito de mercadorias russas para Kaliningrado | Guerra na Ucrânia | PÚBLICO

Trens retidos na Lituânia

No começo desta semana, a Lituânia expandiu as sanções, incluindo mercadorias como concreto, madeira, álcool e produtos químicos industriais à base de álcool. “Decisão da Comissão demonstra realismo”

O porta-voz do Ministério do Exterior da Rússia disse, em nota, que a decisão da Comissão Europeia era uma demonstração de “realismo e bom senso”. “Embora ainda tenhamos perguntas sobre o conteúdo deste documento”, acrescentou.

O governador de Kaliningrado, Anton Alikhanov, escreveu no Telegram que as novas diretrizes são “apenas o primeiro passo necessário” para resolver o impasse.

“Continuaremos a trabalhar para a completa remoção de restrições”, ressaltou. Monitoramento Os membros da UE foram encarregados de monitorar o comércio entre a Rússia e Kaliningrado para verificar se há tentativa de contorno das sanções, certificando-se de que “não há fluxos ou padrões comerciais incomuns”.

O trânsito de bens militares e de tecnologias e itens de dupla utilização sancionados continua totalmente proibido.

Kaliningrado, que possui um porto do Báltico e abriga cerca de 1 milhão de pessoas, foi anexada pela União Soviética da Alemanha após a Segunda Guerra Mundial e está ligada ao resto do Rússia apenas através do território da UE, principalmente por ferrovia através de Belarus e pela Lituânia.

Itens que se enquadrem nas categorias humanitárias ou essenciais, como alimentos, sempre estiveram isentos das sanções. O tráfego de passageiros não é proibido, e Kaliningrado ainda pode ser alcançado por ar ou mar. (Reuters, DPA, AFP)

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: