Pular para o conteúdo

Bolsonaro estaria forçando cassação de registro no TSE, avaliam membros do Judiciário

20/07/2022

Por Yurick Luz, do DCM

Nesta segunda-feira (18), o encontro com embaixadores em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a colocar em dúvida a lisura do sistema eleitoral brasileiro foi lido como um dos gestos mais agressivos visando provocar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ministros de Tribunais Superiores avaliam que o chefe do Executivo estaria fazendo uma série de movimentos cujo objetivo seria o de ‘forçar’ a Justiça Eleitoral a cassar o registro de sua candidatura à reeleição. Bolsonaro apostaria na tese de que o TSE pode tirá-lo da disputa para que ele consiga vitimizar-se e assim reforçar o discurso de que eleição não pode ser realizada.

A expectativa, entretanto, é que a gestão de Alexandre de Moraes à frente do TSE, a partir de meados de agosto, amenize os movimentos do ex-capitão. A atuação do magistrado nos bastidores, principalmente na relação com os militares, é tida como crucial na tentativa de cessar os ataques de Bolsonaro ao sistema eleitoral.

Membros da cúpula do judiciário entendem Moraes pode fazer um gesto às Forças Armadas, acatando algumas das sugestões que foram apresentadas ao TSE.

Uma das alas do governo entende que o evento acabou acirrando ainda mais a relação com o TSE e, mesmo que Moraes esteja disposto a apaziguar os ânimos, o encontro de segunda-feira (18) não contribuiu em nada.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: