Pular para o conteúdo

Na marcha de Jesus com os pistoleiros, Bolsonaro admite prisão quando perder o mandato

24/07/2022

Imagem

Será que Jesus estava presente entre defensores de armas, da intolerância, da misoginia e da violência?

O presidente Jair Bolsonaro (foto) afirmou neste sábado (23), durante evento com evangélicos em Vitória, não temer as ações contra ele na Justiça comum caso não se reeleja.

“Hoje está na imprensa, segundo um grupo meu,  ameaças à minha pessoa. Se eu perder o mandato, poderei ser preso por até cem anos pelos ataques à democracia. Eu não dou recado a ninguém. Se querem dar recado a mim, não vai surtir efeito. Vou continuar fazendo a mesma coisa.”

Em seu discurso, na Marcha para Jesus, o presidente disse ainda que tem “a obrigação moral, até com o sacrifício da própria vida” de não deixar o país perder a liberdade.

Caso perca o foro privilegiado no ano que vem, diversas ações contra Bolsonaro poderão ser movidas por procuradores pelo país.

 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: