Pular para o conteúdo

Professora nazista do Paraná é demitida após vídeo viralizar

10/10/2022

 

A direção do Colégio Sagrada Família, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, demitiu uma professora que aparece em um vídeo fazendo um gesto semelhante a saudação nazista dentro da sala de aula.

Professores que trabalham na mesma escola confirmaram que a cena aconteceu na sexta-feira (07) durante uma aula para alunos do ensino médio. Josete atua na instituição há quase 20 anos.

A escola repudiou o ato que classificou como imprudência, descuido e um ‘grande erro da professora’ como disse a diretora-geral, irmã Edites Bet. Ela revelou que a escola decidiu pela demissão da profissional das funções.

O advogado de Josete, Alexandre Jorge, negou que sua cliente tenha feito qualquer gesto de saudação nazista. Ele explicou que a professora estava em um momento de descontração, no encerramento da aula, que se for se considerar gesto típico de alguma maneira, seria então saudação à bandeira e à pátria”.

Alexandre também destacou que qualquer acusação contra a professora sobre gesto nazista, configura ato criminoso.

Não é a primeira vez que a atitude da professora chama a atenção na escola. Às vésperas do primeiro turno das eleições presidenciais, ela balançou uma bandeira verde e amarela na janela de uma das salas. Alunos presenciaram e gravaram a ação.

Professores da escola contaram que Josete faz campanha para a reeleição de Jair Bolsonaro. Ela leciona as aulas com botons do presidente, e outros adesivos em alusão a ele.

IMG24H 53

“A escola tem uma posição neutra politicamente junto aos seus alunos e professores. Orientamos aos mestres que procedam com neutralidade e respeito em todas as situações”, disse a diretora geral para o jornal Folha de S.Paulo.

No Brasil, apologia ao nazismo pode ser considerado crime, com penas variadas. Uma investigação deve ser aberta para apurar a conduta da professora.

A manifestação também gerou nota de repúdio da Confederação Israelita no Brasil (Conib) e da Federação Israelita do Paraná (Feip) que criticaram o gesto da professora. As entidades afirmaram que esperam apuração rigorosa dos fatos e a punição exemplar da profissional.

“O nazismo é um movimento que promove o ódio e a morte e executou o extermínio de 6 milhões de judeus e outras minorias, como ciganos e LGBTQIAP+, durante a Segunda Guerra Mundial. Ele deve ser combatido de forma efetiva, conforme a legislação vigente”, diz o texto.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: