Pular para o conteúdo

Os caminhoneiros, tão sacrificados pelas políticas econômicas de Guedes, estão sendo usados como bucha de canhão.

03/11/2022

Nereu Crispim, deputado líder da Frente Parlamentar dos Caminhoneiros, no Congresso Nacional lamenta a situação dos heróis da estrada.

Em entrevista ao Congresso em Foco, o líder da Frente Parlamentar dos Caminhoneiros no Congresso Nacional, deputado Nereu Crispim (PSD), criticou os bloqueios promovidos por bolsonaristas nas rodovias em protesto ao resultado das eleições presidenciais deste ano.

Foto: Cleia Viana/Agência Câmara

Ex-motorista e dono de caminhão por 35 anos, o parlamentar afirmou que as obstruções promovidas por caminhoneiros não têm relação com a categoria. Segundo Crispim, são atos golpistas tramados por políticos e empresários, sobretudo do agronegócios, que não aceitam a vitória de Lula (PT) sobre Jair Bolsonaro (PL).

“Os caminhoneiros estão sendo usados como bucha de canhão de golpistas.[…] Caminhoneiro de verdade não apoia Bolsonaro porque ele mentiu para a categoria nos quatro anos. O caminhoneiro aceita o resultado da eleição”, disse o deputado ao Congresso em Foco.

De acordo com um balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgado no início da manhã desta quinta-feira (3), 11 estados ainda sofrem com os bloqueios.

“Botaram o rótulo de que caminhoneiro é capacho de Bolsonaro e faz qualquer coisa por Bolsonaro. Isso é mentira. A categoria apenas o apoiou da outra vez porque ele dizia que ia seguir a pauta dos caminhoneiros. Não fez nada por eles. Mentiu por quatro anos”, completou Crispim.

Conforme a reportagem, a frente parlamentar, composta por 235 deputados e 22 senadores, entrou na segunda-feira (31) com ação na Justiça Federal pedindo indenização por danos morais e materiais para a categoria.

“Estão usando o nome de caminhoneiros indevidamente. É o choro ideológico dos perdedores, que pregaram ódio por quatro anos. Isso é um mais um motivo para eles terem merecido perder a eleição. Eles diziam defender Deus, pátria e família e estão atentando contra tudo isso”, completou o deputado na entrevista.

Editado por Bahia.ba e O Expresso.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: