Pular para o conteúdo

Os gestos nazistas que levam aos ataques de jovens influenciáveis.

28/11/2022

Imagem

Abaixo, Boca de Cavalo, que tem pedido de prisão e extradição dos EUA por militância odiosa, toma seu leite como fazem os integrantes da Ku-Klux-Klan.

Oito vezes que aliados de Bolsonaro se envolveram em polêmicas nazistas

Você começa a entender porque os malucos se vestem com roupa camuflada, com braçadeira de suástica e atacam quartéis?

O pronunciamento do secretário Roberto Alvim.

Ao som de Richard Wagner, o compositor favorito de Adolf Hitler, o secretário de Cultura do Governo, Roberto Alvim, plagiou em pronunciamento que foi ao ar nas redes sociais trechos de um discurso do ministro da Propaganda do führer nazista, Joseph Goebbels. “A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa […] ou então não será nada”, diz Alvim no vídeo.

O líder nazista havia dito: “A arte alemã da próxima década será heroica, será ferrenhamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa (…) ou então não será nada”. O caso provocou revolta nas redes sociais e a manifestação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Supremo, Dias Toffoli.

A Confederação Israelita do Brasil considerou “inaceitável” o uso do discurso. No início da tarde desta sexta, o Governo demitiu o secretário , alegando que o pronunciamento “tornou insustentável” sua permanência.

Após parafrasear o nazista, Alvim afirmou nas redes sociais que se tratou de uma “coincidência retórica” e que não citou Goebbels “e jamais o faria”. Ao jornal O Estado de S. Paulo, no entanto, ele disse que “a origem [da frase] é espúria, mas as ideias contidas da frase são absolutas perfeitas.” “Eu assino embaixo”, ressaltou.

Já em entrevista à Rádio Gaúcha, ele apresentou nova versão, e se defendeu alegando que foi uma “infeliz coincidência retórica”, fruto de uma pesquisa feita por sua equipe no Google. A busca teria sido por discursos que envolvessem “nacionalismo em arte”.

Ele admitiu ter escrito 90% do texto lido na quinta-feira, mas não os trechos copiados de Goebbels. Por fim, o secretário foi novamente às redes sociais, onde afirmou que, “se soubesse da origem da frase, jamais a teria dito. Tenho profundo repúdio a qualquer regime totalitário, e declaro minha absoluta repugnância ao regime nazista”. Ele pediu desculpas à comunidade judaica, e disse ter colocado o cargo à disposição de Bolsonaro “com o objetivo de protegê-lo”.

Mais tarde, em 24/03/2021, em sessão no Senado Federal com o chanceler Ernesto Araújo, o assessor especial para assuntos internacionais do presidente Jair BolsonaroFilipe Martins, reproduziu um gesto também considerado supremacista.

Durante a fala de introdução do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), o assessor fez o sinal que significaria White Power (Poder Branco). O gesto é utilizado no Brasil como sinal de “ok” ou como referência a um ânus. Nos Estados Unidos, foi adotado por supremacistas brancos que exaltam o que chamam de “White Power”. O assessor, no entanto, disse que estava apenas ajeitando o próprio terno.

Bolsonaro diz a interlocutores que vai demitir assessor após gesto supremacista

No mesmo mês de março de 2021, um apoiador de Bolsonaro faz o mesmo gesto supremacista em frente ao Presidente. Foi pedido que o apoiador apagasse a imagem, mas ela já estava em todos os jornais e páginas de internet no País.

MP põe grupo especializado em crime organizado para investigar saudação nazista em ato em SC

Em Santa Catarina, nazistas se manifestam em gesto típico. 

Bolsonaristas fazem saudação similar à nazista: Saiba o que é nazismo

Abaixo, Bolsonaro impassível para manifestações nazistas

Em carta, judeus dizem que Bolsonaro tem "inclinações nazistas" - Vermelho

Professora saúda alunos com gesto nazista no Paraná

Ministério Público do Paraná vai investigar gesto nazista em escola

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: