Pular para o conteúdo

O ‘ciclone bomba’ que pode baixar temperaturas a -55ºC e põe 135 milhões em alerta nos EUA e no Canadá 

23/12/2022

Dois homens atravessam uma rua coberta de neve em Denver, Colorado, em meio a uma forte tempestade de inverno em 22 de dezembro de 2022

  • Por Nadine Yousif, da BBC News em Toronto, no Canadá. Imagem Getty.

As baixas temperaturas que causam estragos nos EUA e no Canadá podem levar ao frostbite (congelamento de tecido do corpo) na pele exposta ao frio em questão de cinco a 10 minutos, alertam os especialistas.

Uma forte tempestade de inverno no Ártico colocou mais de 135 milhões de pessoas sob alerta meteorológico neste fim de semana, um dos períodos mais movimentados do ano em termos de viagem.

Os alertas se estendem de costa a costa, chegando até a fronteira dos EUA com o México e a Flórida, conhecida como o Estado ensolarado.

Os principais aeroportos do país cancelaram milhares de voos à medida que a tempestade se intensifica.

A onda de frio pode fazer deste Natal o mais gelado em décadas, alertam os meteorologistas.

O Serviço Nacional de Meteorologia (NWS, na sigla em inglês) informou que as temperaturas podem baixar para -45ºC e -56ºC até o final desta semana em algumas partes do país.

E alertou que, mesmo nas principais áreas metropolitanas, como a cidade de Des Moines, no Estado de Iowa, o frostbite será um grande perigo.

O que é frostbite?

– É causado quando o fluxo sanguíneo para as extremidades do corpo é reduzido — uma resposta natural ao frio;

– Os sintomas geralmente começam quando as partes afetadas ficam frias e doloridas;

– Em casos extremos, o tecido pode morrer, podendo ser necessário cirurgia — ou até mesmo amputação;

– Uma pessoa com frostbite deve ser levada para um ambiente quente, e deve-se buscar orientação médica.

Os meteorologistas dizem que a tempestade de inverno pode se tornar um “ciclone bomba” nesta sexta-feira (23/12).

Ciclone-bomba é um termo usado para descrever uma tempestade explosiva que se intensifica com rapidez, com a pressão atmosférica no seu centro caindo pelo menos 24 milibares em 24 horas.

“Não é como um dia de neve, quando você era criança, é uma coisa séria”, afirmou o presidente americano, Joe Biden, na quinta-feira.

A previsão é de que a massa de ar do Ártico leve fortes rajadas de vento — com temperatura de -9,4 °C — para El Paso, no Texas, onde migrantes recém-chegados sem documentação estão dormindo ao relento nas ruas da cidade.

A tempestade já está causando estragos nos Estados do Colorado e do Wyoming, e no norte de Minnesota.

Em apenas 12 horas, a Polícia Rodoviária de Wyoming recebeu 787 pedidos de ajuda e registrou 104 acidentes.

Em Dakota do Sul, Robert Oliver, gerente de emergências da tribo sioux da reserva indígena Rosebud, contou que trabalhadores estavam tentando limpar as estradas que tinham cerca de 3 metros de neve em alguns trechos.

Segundo ele, as autoridades não tinham equipamento suficiente — e, em uma ocasião, o resgate de pessoas isoladas dentro de casa teve que ser interrompido porque o fluido hidráulico do equipamento pesado congelou.

Além da tempestade em si, há temores de falta de energia — alguns fornecedores já estão pedindo aos clientes que diminuam seus termostatos.

A governadora do Estado de Nova York, Kathy Hochul, declarou estado de emergência à espera da tempestade.

As ameaças de inundações e congestionamentos de gelo (ice jams) “vão causar muitos estragos em nossa comunidade”, ela disse. Os congestionamentos de gelo acontecem quando pedaços de gelo grandes bloqueiam o fluxo de um rio, podendo causar inundações.

Os governadores de Kentucky, Carolina do Norte, Virgínia Ocidental, Geórgia e Oklahoma também declararam estado de emergência, enquanto Wisconsin declarou uma “emergência energética”.

O governador de Ohio, Mike DeWine, classificou as condições meteorológicas de “situação única e perigosa”, especialmente porque as pessoas viajam para estar com seus entes queridos no Natal.

Carros cobertos de neve em Chicago

A previsão é de que a Flórida tenha o Natal mais frio em 30 anos.

O NWS descreveu o fenômeno climático de inverno como “único em uma geração”, dizendo na quinta-feira que “ventos frios potencialmente fatais” vão atingir a costa leste nesta sexta-feira.

O NWS alertou que mais de 100 recordes diários de temperatura baixa podem ser alcançados ou quebrados nos próximos dias.

– No Colorado, as temperaturas mínimas caíram de 5ºC para o recorde de -22ºC na quinta-feira;

– A cidade de Cheyenne, no Wyoming, bateu recorde de maior queda de temperatura em uma hora, depois de passar de 6ºC para -16ºC em 30 minutos. Em outras partes do Estado, as temperaturas caíram para -37ºC;

– Quase uma dúzia de temperaturas baixas recordes também foram registradas no Estado vizinho de Montana;

– Em Chicago, um alerta de tempestade de inverno está em vigor até sábado, que deve trazer consigo vários centímetros de neve e ventos de até 80 km/h;

– No Canadá, grande parte de Ontário e partes de Quebec também estão se preparando para uma grande tempestade de inverno que deve durar até o fim de semana de Natal.

Viajantes no Aeroporto O'Hare em Chicago

Mais de 5,3 mil voos nos EUA já foram cancelados na quinta e nesta sexta-feira, de acordo com o site de rastreamento de voos FlightAware.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: