Pular para o conteúdo

Brasileiro assume 2º lugar no Dakar, na categoria mais importante, a dos carros.

11/01/2023

Brasileiro Lucas Moraes está na segunda colocação no Rally Dakar

Lucas Moraes e sua Toyota Hilux.

Restando cinco etapas, piloto do Brasil se aproxima de um importante pódio no maior rali do mundo

Dificilmente alguém conseguirá impedir o quinto título de Nasser Al-Attiyah no Rally Dakar. O piloto catariano, campeão em 2011, 15, 19 e no ano passado, está com 1h21min57s de vantagem na liderança. Restando cinco etapas, o Brasil se aproxima de um importante pódio. Após a realização da nona etapa na Arábia Saudita, o estreante Lucas Moraes assumiu o segundo lugar, com o francês Sébastien Loeb em terceiro.

Bicampeão do Rali dos Sertões, Lucas Moraes assumiu a vice-liderança ao chegar em 10º (73 carros inscritos) na etapa de 358 quilômetros disputada entre Riad e Haradh nesta terça-feira. Depois de 3.614 km de especiais, Lucas está atrás somente do atual campeão, que também compete com um Toyota GR DKR Hilux, mas sob a bandeira da equipe oficial da fábrica japonesa.

“Essa foi mais uma especial dura e o Dakar continua me surpreendendo. No começo, as dunas foram bem perigosas, tivemos acidentes importantes de competidores bem experientes e rápidos. O Carlos Sainz (Audi) ‘varou’ uma duna e capotou. O Henk Lategan (Toyota GR DKR Hilux) fez o mesmo e destruiu a suspensão. Então foi mesmo perigoso para todo mundo”, afirmou o brasileiro, que conta com a navegação do alemão Timo Gottschalk, campeão em 2011.

“Por isso (acidentes) nós fomos administrando um pouco o ritmo. Tivemos um trecho longo com muitos bumps (saltos), que desequilibravam muito a traseira e isso me preocupou bastante naquele momento”, disse Lucas. “Mas fizemos a nossa parte e entregamos o carro inteiro para a equipe novamente. Então a nossa estratégia está dando certo e vamos continuar na mesma pegada.”

O vencedor da 9ª etapa foi Sébastian Loeb (Prodrive Hunter T1+), que se recuperou no Dakar após também triunfar na etapa anterior. Ele completou os 358Km em 3h7min24s, 57 segundos na frente de Vaidotas Zala (Prodrive Hunter T1+). Al-Attiyah foi o oitavo, com Lucas Moraes festejando bastante um ótimo 10º lugar.

“Primeiro, só o fato de estar aqui já é a realização de um sonho. Fui criado entre praticantes de rali, tenho muitos amigos nesse meio. E eles estão me dando muito apoio com mensagens positivas e muitas dicas também. Quem me conhece sabe que eu nunca imaginei estar nessa posição em um Dakar. Isso aqui é demais”, afirmou, entusiasmado, o piloto brasileiro.

Nada, contudo, de deixar a humildade de lado. “Temos ainda cinco dias pela frente. Serão cinco dias de dunas em um deserto enorme e famoso aqui no Oriente Médio, o Empty Quarter, e tudo indica que vai ser muito difícil. Como é a minha primeira vez, sigo mantendo respeito máximo pela prova. E agora ainda mais.”

Reproduzido do Estadão.

 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: