Pular para o conteúdo

Brinca com esses “patriotas” inocentes! Eles são capazes de atacar até um juiz federal!

08/07/2022

Juiz que mandou prender os bandidos do MEC é atacado na rua, em Brasília.

O juiz Renato Borelli, da 15ª Vara Federal de Brasília, responsável por mandar prender o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, foi atacado nesta 5ª feira (7.jul.2022) enquanto dirigia. O carro do magistrado foi atingido por fezes de animais, terra e ovos.

Borelli não se feriu. O episódio foi em Brasília, onde o juiz atua e mora. A Justiça Federal do DF ainda não informou se suspeitos foram identificados. Também não emitiu nota sobre o caso.

O juiz decretou a prisão de Ribeiro em 22 de junho. Um dia depois, em 23 de junho, a Justiça Federal disse que o magistrado estava sofrendo ameaças e que um pedido de investigação sobre os ataques foi encaminhado à PF.

Eis o carro do juiz: 

Juiz que mandou prender Milton Ribeiro é atacado em Brasília

© Fornecido por Poder360. Juiz que mandou prender Milton Ribeiro é atacado em Brasília

Borelli já deu decisões contra políticos de diferentes partidos. Foi ele, por exemplo, que obrigou o presidente Jair Bolsonaro (PL) a usar máscara em espaços públicos e estabelecimentos comerciais do Distrito Federal.

Borelli também já determinou que o ex-presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), ressarcisse os cofres públicos em R$ 11 milhões em um caso envolvendo o Mensalão. Bloqueou os bens do ex-prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella (Republicanos) e ordenou que o ex-deputado Rocha Loures (MDB-PR) devolvesse salários recebidos.

Milton Ribeiro

Ribeiro foi preso pela PF em 22 de junho por ordem de Borelli. A investigação apura suposto tráfico de influência e corrupção para a liberação de recursos públicos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

Em 23 de junho, a prisão foi revogada pelo juiz de 2ª Instância Ney Bello, do TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região). O inquérito está no STF (Supremo Tribunal Federal) por causa de suspeitas de que Bolsonaro interferiu nas investigações.

Por Thiago Angelo, do Poder 360, editado por O Expresso.

O Anonymous citou no Twitter:

Terrorismo político: carro de juíz que ordenou prisão de Milton Ribeiro atacado em Brasília; redação da Folha de São Paulo atingida por projétil; bombas caseiras lançadas em ato pró Lula no Rio de Janeiro. É urgente a inibição dos extremistas ou as eleições serão uma tragédia.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: