Pular para o conteúdo

Prefeitura de Barreiras diz que ataque em escola municipal foi fatalidade.

26/09/2022

Nota da Prefeitura de Barreiras sobre a fatalidade ocorrida no Colégio Municipal Eurides Sant’Anna, nesta segunda-feira, (26)

A Prefeitura de Barreiras por meio da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, lamentavelmente informa que na manhã desta segunda-feira (26), ocorreu uma tragédia inimaginável no Colégio Municipal Eurides Sant’Anna, que é de gestão compartilhada com a Polícia Militar.

Um indivíduo estranho à comunidade escolar, trajando roupa preta, capuz e óculos escuros, portando uma arma de fogo tipo revólver e duas armas brancas, pulou o muro na unidade escolar dirigindo-se a uma aluna cadeirante  efetuando dois disparos contra a estudante, que também foi agredida com golpes de arma branca, vindo a óbito no local. Conforme informações do Comando de Policiamento Regional Oeste (CPRO), na tentativa de fuga, o autor foi atingido por disparo de arma de fogo que partiu de uma terceira pessoa, ainda não identificada. Ele foi socorrido pelo Samu para cuidados médicos, em uma unidade de saúde.

A Secretaria de Educação com todo seu corpo técnico e a Polícia Militar acompanham o caso promovendo todo apoio e assistência aos estudantes e seus familiares com toda a responsabilidade que a situação requer, diante de tão inesperada tragédia.  Em tempo, solidarizam-se com a família da aluna vitimada, expressando os mais profundos sentimentos neste momento de profunda dor e consternação.

Barreiras (BA), 26 de setembro de 2022.

O ódio covarde sempre ataca os mais vulneráveis

Nota da Redação. Crime de Ódio.

  1. Não foi fatalidade, o que seria um mero acidente.

  2. O fundamentalismo instalado no País, por mérito e obra do conjunto de pessoas que integram o Governo é o responsável. Aliás, Governo que conta com a simpatia da Prefeitura de Barreiras e a maioria dos seus integrantes.

  3. A política de armas do Governo Federal. que facilitou um aparato bélico sem precedentes entre a população – mais de um milhão de armas segundo o próprio Exército – é responsável pelo ataque.

  4. O fato da vítima ser uma cadeirante e filha de assentados de uma reforma agrária não é fato isolado. O neo-fascismo que tomou conta do País detesta inválidos, como em 1933, na Alemanha, e acredita que o Movimento Sem Terra e a reforma agrária são espúrios.

  5. Ainda não vi o decreto de luto por 3 dias. Perder uma aluna, nessas condições, atacada por um psicopata, por seu turno induzido ao crime por uma política de Estado – ou de Governo, como queiram – é crime bárbaro e exige a nossa contrição absoluta.

 

 

Imagem

O criminoso. No Twitter, o adolescente autor do ataque escreveu: Pelo menos eu estarei morto antes desse narigudo voltar ao poder, antes morto do que ao comando de um judeu. Veja a página do desequilibrado no Twitter: https://twitter.com/TheAlgizGod?t=8uWfVVdzONZtXbUPm6Z6xA&s=08

 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: