Pular para o conteúdo

MP e TCU pedem suspensão – e Caixa atende – do escandaloso empréstimo consignado do Auxílio Brasil.

21/10/2022

 (Foto: Reprodução)

O Ministério Público (MP) e o Tribunal de Contas da União (TCU) pediram, nesta terça-feira (18), a suspensão dos empréstimos consignados vinculados aos beneficiários do Auxílio Brasil alegando possível desvio de finalidade e uso “meramente eleitoral”.

Foi pedido que a interrupção das concessões seja feita até que a Corte de contas se manifeste definitivamente sobre o assunto.

Até a última sexta-feira (14) a Caixa Econômica Federal já havia concedido R$ 1,8 bilhão em crédito consignado a 700 mil beneficiários do benefício emergencial do governo.

No pedido de medida cautelar, o subprocurador-geral, Lucas Rocha Furtado, afirmou que, apesar da lei que prevê o consignado, o “assombroso montante” já liberado em três dias de existência da liberação da modalidade “impõe dúvidas sobre as finalidades perseguidas mediante essa atividade.”

O Sub-Procurador citou a proximidade da liberação com o segundo turno das eleições, diante da posição de desvantagem do presidente Jair Bolsonaro (PL) nas pesquisas de intenção de voto ante o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Segundo Furtado, “tudo indica” que trata-se de uma medida para atender interesses políticos-eleitorais em detrimento da população.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: