Pular para o conteúdo

O legado bolsonarista: terror nas cidades para tentativa de golpe

25/12/2022

Homem que tentou acionar bomba no DF gastou mais de R$ 100 mil com armas - PC-DF

Terrorista preso diz que planejou com acampados bolsonaristas ‘dar início ao caos’. George Sousa disse em depoimento à Polícia Civil que seu objetivo era levar à “decretação do estado de sítio no país”.Em depoimento à PC-DF (Polícia Civil do Distrito Federal), o empresário George Washington de Oliveira Sousa, de 54 anos, afirmou ter gasto R$ 170 mil com armas para um possível atentado organizado em Brasília.

O terrorista bolsonarista George Washington de Oliveira Sousa, preso por tentar explodir uma bomba em Brasília, afirmou em depoimento à Polícia Civil que planejou com os acampados no QG do Exército instalar explosivos em pelo menos dois locais da capital federal para “dar início ao caos”. Seu objetivo, revelou, era levar à “decretação do estado de sítio no país”, o que poderia “provocar a intervenção das Forças Armadas”.

Bomba próximo ao aeroporto de Brasília mobiliza a segurança pública | O TEMPO

Folha de S. Paulo teve acesso ao depoimento de George. O terrorista mencionou a bomba neutralizada pelas forças de segurança pública no sábado (24) e também planos de instalar explosivos em postes de energia próximos a uma subestação de distribuição em Taguatinga.

“Uma mulher desconhecida sugeriu aos manifestantes do QG que fosse instalada uma bomba na subestação de energia em Taguatinga para provocar a falta de eletricidade e dar início ao caos que levaria à decretação do estado de sítio”, disse Sousa.

Imagem

Entre os recursos bélicos do terrorista estavam dois revólveres, duas espingardas três pistolas, cinco emulsões explosivas munições e uniformes camuflados no imóvel alugado pelo empresário.

“Ele tinha registro de colecionador CAC, e todas as armas estão no nome dele. No entanto, não há autorização para transitar com essas armas livremente. A situação se agrava porque ele viajou do Pará para Brasília sem guia de autorização de transporte”, disse a corporação ao UOL.

Parte do depoimento do terrorista: as autoridades prevaricaram

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: