Pular para o conteúdo

Nepal: copilota de avião era casada com piloto que morreu em acidente aéreo há 16 anos.

16/01/2023

Copilota morta em voo do Nepal perdeu marido em acidente aéreo em 2006 - Mundo - SBT News

A co-pilota morta no acidente e a aeronave sinistrada

20220511082800 IMG 1681 (2).jpg

Anju Khatiwada, de 44 anos, começou a trabalhar na Yeti Airlines em 2010, após pagar pelo treinamento de piloto com o dinheiro do seguro que recebeu da própria companhia pela morte do marido em outro acidente, em 2006.

Entre o drama das muitas famílias que perderam parentes no acidente do voo da Yeti Airlinesque caiu em um desfiladeiro enquanto tentava pousar em um aeroporto recém-inaugurado na cidade turística de Pukhara, no Nepal, a história da copilota do avião chamou a atenção do mundo. Um porta-voz da companhia aérea confirmou à agência de notícias britânica Reuters que Anju Khatiwada, que fazia parte da tripulação no voo, perdeu o marido, também piloto de avião, em um acidente em 2006.

“O marido dela, Dipak Pokhrel, morreu em 2006 na queda de um avião Twin Otter da Yeti Airlines em Jumla”, disse o porta-voz da companhia aérea Sudarshan Bartaula à Reuters, ao comentar a situação envolvendo Anju Khatiwada.

Ainda de acordo com o porta-voz, Anju, de 44 anos, conhecia o trajeto entre Katmandu e Pokhara, que já havia feito anteriormente, e tinha mais de 6.400 horas de voo. Ela fazia parte da equipe da Yeti Airlines desde 2010. “Ela conseguiu o treinamento de piloto com o dinheiro que recebeu do seguro após a morte do marido”, explicou Bartaula.

Destroços do avião ATR72 da Yeti Airlines, que caiu no domingo, 15, quando tentava pousar em Pokhara.

Foto: Yunish Gurung/ EFE

Sem esperança de encontrar sobreviventes, o Nepal decretou um dia de luto nacional nesta segunda-feira, 16. Havia 68 passageiros a bordo e 4 tripulantes, o que configura a pior catástrofe deste tipo no país em três décadas.

O acidente de domingo é o mais mortal desde 1992, quando todas as 167 pessoas a bordo de um avião da Pakistan International Airlines morreram quando ele colidiu com uma colina enquanto tentava pousar em Katmandu.

O Nepal é lar de oito das 14 montanhas mais altas do mundo, incluindo o Monte Everest, e tem um histórico de acidentes aéreos.. De acordo com o banco de dados de segurança da aviação da Flight Safety Foundation, houve 42 acidentes fatais de aviões no país desde 1946.

Um porta-voz da Autoridade de Aviação Civil do Nepal disse que um gravador de dados do voo e um gravador de voz da cabine foram recuperados do local do acidente. Os gravadores, encontrados nesta segunda-feira, 16, serão entregues aos investigadores.

Do Estadão, com foto da Wikipedia.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: