Pular para o conteúdo

21 dias depois de nomear comandante, Lula demite. Veja o motivo.

21/01/2023

Lula fala sobre o que na saúde Yanomami em Roraima — Foto: Caíque Rodrigues/g1 RR

Lula em Roraima, hoje: o Presidente foi estancar os ataques genocidas de Bolsonaro contra o povo Ianomâmi.

O presidente Lula decidiu demitir o general Júlio César de Arruda do cargo de comandante do Exército. Segundo ministros palacianos, a gota d’água teria sido a recusa do militar em exonerar o ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro, tenente-coronel Mauro Cid, de um posto de comando sensível em Goiânia. A informação é do colunista do Metrópoles, Igor Gadelha.

Lula teria ordenado a demissão de Cid após o colunista Rodrigo Rangel, do Metrópoles, revelar que o ex-ajudante de ordens operou uma espécie de caixa 2 com recursos em espécie que eram usados, inclusive, para pagar contas pessoais da primeira-dama Michelle Bolsonaro e de familiares dela.

A reportagem também revelou que Cid havia sido nomeado, no apagar das luzes do governo Bolsonaro, para comandar o 1º Batalhão de Ações e Comandos, o 1º BAC, uma das unidades do prestigiado e temido Comando de Operações Especiais, com sede em Goiânia. O general, porém, teria se recusado.

O novo comandante do Exército, Tomas Miguel Ribeiro Paiva, que exercia o Comando Militar do Leste.

Dizem fontes extraoficiais que Jair Messias decidiu não voltar mais ao País e pedir asilo político onde está. Vai virar personagem do parque Disney’s Animal Kingdom.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: